O infográfico é um texto visual informativo que utiliza diferentes recursos verbais e não verbais na sua construção, como imagens, sons, animações, vídeos, hiperlinks, entre outros. Portanto, o infográfico é um gênero que faz grande uso da multimodalidade, como combinação de modos semióticos (cores, sons, traços, palavras etc.) em uma produção textual.

Essa combinação de recursos precisa apresentar uma unidade de sentido, tendo coerência na relação entre as informações disponíveis.

Segundo Paiva (2016), é preciso, para navegar em páginas impressas e online, identificando informações importantes na construção do conhecimento, trabalhar as capacidades de: o navegar-localizar, relacionar-avaliar e compreender-usar (PAIVA, 2016, p. 48-49). Ou seja, não basta encontrar uma informação e compartilhá-la, é preciso ler relacionando, dialogando com o texto, para que inferências sejam feitas e o conhecimento seja construído significativamente pelo leitor.

Nesta atividade, vamos tentar sistematizar a leitura de dois infográfico com licença aberta (ou seja, REA): O ensino superior em (r)evolução e Lixo Eletrônico.

Leitura de infográficos Leitura dos infográficos exemplificados
O ensino superior em (r)evolução Lixo Eletrônico
Habilidade de localizar, confrontar e inferir informação no modo verbal e imagético. Fluxo de leitura, de cima para baixo, evolui da problematização para a solução ou perspectivas.
Informações quantitativas em destaque (negrito e/ou letra maior).
Informações do imagético identificadas pelas relações que estabelecem. Linha do tempo na vertical que liga a universidade de hoje com a universidade do amanhã. Ligação entre os balões que conecta o problema do descarte com o que fazer e o que não fazer.
Entrelaçamento de tendências (azul claro, horizontal) e tecnologias emergentes (azul escuro, vertical, ícones), da universidade do amanhã. As cores e sua posição ajudam a identificar e relacionar as informações. Desenhos em um círculo vicioso ajudam a entender o fluxo do descarte correto.
Fixar o cursor e clicar com o mouse. Informações para acesso por mouse. Ao passar o cursor, o desenho fica maior e projeta informação nova no meio do círculo.
Interação digital com e a partir do texto. Leitor pode deixar comentários e ler comentários dos outros, além de poder compartilhar o infográfico em redes sociais. Leitor pode clicar no link da empresa criadora do infográfico, compartilhá-lo em redes sociais e gerar um código para inseri-lo em site ou blog.

Não podemos nos esquecer de que cada escolha de recurso está orientada para a produção de efeitos de sentido. A totalidade do texto deve ser analisada do ponto de vista crítico, não só de afirmação das ideias expostas, mas também de refutação. Veja, por exemplo, os comentários do infográfico O ensino superior em (r)evolução. Muitos exercem sua capacidade de avaliação e exposição de outras perspectivas. Assim exercemos o nosso papel de leitores críticos e criativos.

Identificou outras características importantes na leitura do infográfico e desses dois exemplos? Conte para nós e participe do aprimoramento deste Recurso Educacional Abertos (REA)!

Conhece outros infográficos interessantes? Compartilhe conosco pelos comentários!

Referência:

PAIVA, Francis Arthuso. Leitura de imagens em infográficos. In: COSCARELLI, Carla Vianna (Org.). Tecnologias para aprender. São Paulo: Parábola, 2016, p. 43-59.

Por: Daniervelin Pereira.

(Se você utilizou este REA ou o adaptou para seu interesse, conte aqui como foi e compartilhe sua adaptação)

Licença Creative Commons

Infográfico de REALPTL está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição